Loading...
O DESIGN DAS COISAS… QUE COISAS?

O DESIGN DAS COISAS… QUE COISAS?

Criativos, criadores e o design das coisas. Quem poderia imaginar que a humanidade seria capaz de sair da órbita terrestre? Ou que construiria coisas que desafiam a gravidade e a densidade? Que alguém atravessaria oceanos para intercambiar com a América LATINA? Voar, flutuar, subir, descer; expandir. Sim, das coisas nascem coisas.

O design não é acaso, ele não tem o direito de ser omisso ou irresponsável. Então, o problema do design se dá em função de uma necessidade e a sua solução resulta na melhora da qualidade de vida. É isso que defende Bruno Munari ao citar Archer, em Das Coisas Nascem Coisas. Igualmente, a criatividade não significa improvisação sem método.

 

O DESIGN DAS COISAS

Diferente da busca pelo belo, da subjetividade, o design obedece a um conjunto de etapas que serão delimitadas à partir do projeto definido. Assim, é na solução dos problemas do design que reside a necessidade da criatividade, sabendo que nos próprios problemas já estão todos os elementos para a desejada solução.

Pense em alternativas, saia da caixinha, vá além. A criatividade se processa por meio de um método escolhido, ela mantém-se nos limites do problema. Portanto, ela não perde o rumo, nem o foco.

Para nós? O design trabalha com forma e função. A criatividade e solução de problemas são palavras que caminham juntas. Dos clássicos, inesperadamente saímos de Bauhaus, passamos por Louis Sullivan, nos encontramos em Alan Fletcher. Sim, nós repreendemos o conformismo, fugimos da alienação. Falamos de intencionalidade.

 

E O QUE MAIS?

É preciso ser diferente para mudar as coisas. Diferente, exótico, fora da casinha. Louco? Todos somos um pouco, então, saia do padrão. Afinal, quem quer ser comum? Sonhe! Mas nunca perca de vista as suas limitações, não esqueça que há necessidades específicas e pontuais a serem resolvidas por meio do design e da criatividade. São as limitações que nos tiram da zona de conforto.

Coisas. Faça mais coisas. Coisas, coisas e coisas. Não pare de produzir, não pare de criar. O arquiteto Jaime Lerner, referência no design, arquitetura e urbanismo de Curitiba, costuma dizer que quem cria, nasce todo dia. Que sejamos novos a cada dia. Então, que a cada momento nos reinventemos.

E nós? Aqui na LATINA fazemos a comunicação de marcas, desenvolvemos soluções estéticas para dinamizar negócios, trabalhamos o design. Afinal, nos posicionamos contra toda a arte omissa e irresponsável, nosso grito de autonomia é o conceito. ¡Habla!

 

| img. giphy |

MARCAS DE GOVERNO: NATION BRANDING

MARCAS DE GOVERNO: NATION BRANDING

Inspiración

 23 novembro, 2018

CRIATIVIDADE É PARA TODXS?

CRIATIVIDADE É PARA TODXS?

Inspiración

 30 outubro, 2018

O NOSSO MANIFESTO

O NOSSO MANIFESTO

Inspiración

 05 outubro, 2018

MARCAS QUE SE REINVENTARAM: DESIGN E INOVAÇÃO!

MARCAS QUE SE REINVENTARAM: DESIGN E INOVAÇÃO!

Serviços

 21 setembro, 2018

O DESIGN DAS COISAS… QUE COISAS?

O DESIGN DAS COISAS… QUE COISAS?

Inspiración

 31 agosto, 2018

BRANDING E LINGUAGEM VERBAL DE MARCA?

BRANDING E LINGUAGEM VERBAL DE MARCA?

Produto

 10 agosto, 2018


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+55 (41) 98849.1191    +55 (41) 3122.2267

habla@latinacion.com.br

Close